Engenharia de Anticorpos

O Laboratório de Engenharia de Anticorpos da Fiocruz Rondônia tem como missão desenvolver insumos biotecnológicos, especialmente baseados em nanocorpos de camelídeos, para inovações terapêuticas e diagnósticas.

APRESENTAÇÃO

O Laboratório de Engenharia de Anticorpos da Fiocruz Rondônia tem como missão desenvolver insumos biotecnológicos, especialmente baseados em nanocorpos de camelídeos, para inovações terapêuticas e diagnósticas. O laboratório apresenta expertise na produção e seleção dos nanocorpos de camelídeos, a partir da tecnologia Phage Display, e desenvolve técnicas elaboradas para caracterização in silico, in vitro e in vivo destes insumos. O grupo tem desenvolvido nanocorpos ativos contra antígenos virais e toxinas relevantes no envenenamento de serpentes do gênero botrópico e crotálico. A produção de imunobiológicos, baseados em nanocorpos, tem demonstrado um avanço nas pesquisas relacionadas à geração de insumos aplicáveis a neutralização viral e ofertado produtos alternativos para ampliação da capacidade de produção de antivenenos, além de subsidiar a implementação de metodologias para elaboração de ferramentas diagnósticas precisas de baixo custo.

Os estudos envolvendo nanocorpos de camelídeos evidenciam os avanços e consolidação da pesquisa de cunho biotecnológico na região Norte e a autonomia na produção de biomoléculas com potencial farmacêutico aplicáveis a saúde pública, além do aporte para formação de capital intelectual em diferentes níveis de conhecimento. Engajados nas propostas, estão pesquisadores da Fiocruz Rondônia, Ceará e Ribeirão Preto, Centro de Pesquisa em Medicina Tropical – CEPEM, Secretaria de Saúde de Rondônia (SESAU), Laboratório Central de Saúde Pública – LACEN/RO, Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Instituto Carlos Chagas (ICC- Fiocruz Paraná), Centro de Pesquisa em Virologia USP Ribeirão Preto, UNESP Botucatu, Instituto Oswaldo Cruz (IOC), além de alunos de iniciação científica PIBIC/CNPq/Fiocruz/Fapero, mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Biologia Experimental da UNIR e Pós-Graduação em Biotecnologia (PGBIONORTE) da Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (REDE BIONORTE).

PESQUISADOR RESPONSÁVEL

Soraya dos Santos Pereira

Currículo Lattes

Telefone: (69) 3219-6008/ 3219-6010

E-mail: soraya.santos@fiocruz.br

 

 – Pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias para diagnóstico rápido, moleculares e nanotecnologia;

– Pesquisa e desenvolvimento de biofármacos e anticorpos terapêuticos;

– Bioprospecção e bioensaios.

– Desenvolvimento de insumos biotecnológicos com vistas ao incremento da soroterapia e à construção de dispositivos de diagnóstico para o envenenamento ofídico;

– Desenvolvimento de biossensores utilizando nanocorpos de camelídeos para diagnóstico de hantavírus;

– Nanocorpos de Camelídeos para fins terapêuticos e diagnósticos: consolidação de uma plataforma de desenvolvimento de insumos biotecnológicos aplicados a saúde humana e agropecuária;

– Fragmentos de anticorpos de camelídeos: Ferramentas para o desenvolvimento de dispositivos para diagnóstico de doenças virais;

– Produção de insumos biotecnológicos baseados em nanocorpos de camelídeos para desenvolvimento de ensaios imunoenzimáticos para detecção da hepatite Delta;

– Desenvolvimento de insumos biotecnológicos baseados em anticorpos de camelídeos para aplicações na terapêutica e diagnóstico de doenças virais.

Adriano Henrique Costa Bastos

Currículo Lattes

Andrelisse Arruda

Currículo Lattes

Marcela Cristina de Souza Silva

Currículo Lattes

Marilia Pereira Gouveia

Currículo Lattes

Michelle Suelen da Silva Morais

Currículo Lattes

Nairo Brilhante da Silva

Currículo Lattes

Poliana Lopes de Siqueira

Currículo Lattes

Rita de Cássia Alves

Currículo Lattes

Rosa Maria de Oliveira Souza

Currículo Lattes